Fortaleza, Ceará

Baturité, Ceará




Baturité

«Fortaleza       «Ceará       «Municípios do Ceará

Baturité
Trilha ecológica, Baturité

O nome Baturité significa "serra verdadeira" no idioma dos tupis, habitantes originais da região.
Localizada no sopé do Maciço de Baturité, numa altitude de 175m acima do nível do mar, a cidade, na época do ciclo do café, foi uma das mais ricas do Estado. Repleta de sítios, o município explora bem a fruticultura aliada à horticultura. Baturité é detentora de uma das últimas reservas da Mata Atlântica do Ceará, perfeita para a prática do Ecoturismo.

Um lugar ideal para realizar trilhas ecológicas e caminhadas, onde é possível sentir de perto a natureza, respirar ar puro e aproveitar o frio agradável. Em meio à bela paisagem, o turista tem a oportunidade de conhecer as Cachoeiras da Volta, do Frade, do Perigo, do Jordão.

Partindo para a história do município, o turista pode visitar monumentos como a Estação Ferroviária, a Via Sacra, com 365 degraus, a Escola Apostólica dos Jesuítas, também conhecida como Mosteiro dos Jesuítas, a Casa do Comendador Ananias Arruda e o Sítio Arqueológico Serra do Vicente.

A 93km da Capital Fortaleza e com cerca de 31,1mil habitantes, Baturité tem ainda um rico artesanato em traçados de bambu e para o turista que gosta ou quer conhecer o forró, pode aproveitar a famosa Festa do Chitão, que acontece todo ano durante as festividades juninas, com grandes bandas de forró, atraindo milhares de pessoas. O acesso à cidade é feito pela CE-060 e CE-356.

Atrações turísticas de Baturité

Cachoeira de Santa Edwiges.
Em qualquer época do ano, os turistas que chegarem a Baturité poderão aproveitar a cachoeira Santa Edwiges. A bela vista e o relaxante banho são destaques no passeio. O programa é para quem procura o contato direto com a natureza.
No local, os visitantes têm a oportunidade de apreciar galinha caipira a cabidela ou um deliciosa peixada em um restaurante ao lado da cachoeira. Existe ainda uma pousada onde os turistas podem ficar hospedados e aproveitar a exuberância da natureza de Baturité.

Parador dos Jesuítas

Parador dos Jesuítas

Parador dos Jesuítas.
Quem procura um local que combina com a paz da serra tem lugar certo para se hospedar em Baturité, o Parador dos Jesuítas. A construção, feita toda de pedra, foi inaugurada em 15 de agosto de 1927, sendo procurada por quem quer total tranqüilidade. O local deixou de ser uma escola de formação de sacerdotes jesuítas em 1963.
Ainda administrado por jesuítas, o parador possui equipamentos adequados para a promoção de eventos. No local, os visitantes apreciam um belo jardim, uma horta e têm ainda uma visão privilegiada dos municípios de Baturité e Aracoiaba.

Estação Ferroviária de Baturité.
O trem "Maria Fumaça" chegava e partia cheio de sacas de café. Assim era a rotina da Estação Ferroviária de Baturité, local estratégico para o escoamento da produção cafeeira do interior para a capital cearense. A estação foi uma das primeiras a ser construída no Ceará, em 1870.
Hoje, o local preserva alguns dos equipamentos daquela época, como o trem "Maria Fumaça", além de conservar a arquitetura do próprio prédio. Na estação, funciona uma central de artesanato onde os turistas podem adquirir produtos feitos na cidade.

Festival do Chitão de Baturité.
Os funcionários de uma fábrica de cerâmica, a 10 km de Baturité, começaram a festa há 20 anos apenas com um triângulo, uma zabumba e uma sanfona.
Atualmente, o Chitão de Baturité tornou-se um dos eventos mais importantes no calendário do Estado. O tradicional forró ocorre durante as festas juninas atraindo milhares de turistas para curtir o arrasta-pé no frio da serra.

Mais informações:
»Baturité. Fotos da Serra e da cidade.


Fonte das informações e crédito das fotos: Secretaria de Turismo do Ceará.