Fortaleza, Ceará

Juazeiro do Norte, Ceará




Juazeiro do Norte

«Fortaleza       «Ceará       «Municípios do Ceará

Juazeiro do Norte
Estátua do Padre Cícero

Juazeiro é uma árvore típica da região Nordeste do Brasil.
Apesar do nome, Juazeiro do Norte está situada bem ao sul do Estado, a aproximadamente 565 km de Fortaleza, quase na divisa com Pernambuco. O nome Juazeiro do Norte foi escolhido para diferenciar-se da cidade de Juazeiro, na Bahia, às margens do rio São Francisco, na divisa com Pernambuco.
Juazeiro surgiu a partir do desmembramento da cidade do Crato; ao longo do século 20, graças à ação política de Padre Cícero, Juazeiro teve crescimento econômico mais acelerado e hoje sua economia supera a do Crato.

Juazeiro do Norte é a segunda maior cidade do Ceará em capacidade econômica, e a maior do Estado (e uma das maiores do país) em religiosidade. Além dos aproximadamente 232 mil habitantes, milhares de fiéis de vários estados nordestinos visitam Juazeiro do Norte para participar das festividades que têm como personagem principal Padre Cícero Romão Batista, considerado santo por seus devotos. A confecção e o comércio de artigos religiosos relacionados a Padre Cícero é uma das principais atividades econômicas da cidade.

Anualmente, em pelo menos quatro ocasiões, Juazeiro do Norte torna-se o centro da religiosidade popular no Estado: 24 de março (data de nascimento de Padre Cícero); 20 de julho (falecimento de Padre Cícero); primeira quinzena de setembro (Festa da Padroeira Nossa Senhora das Dores); e 2 de novembro (Dia dos Finados).
Nessas datas, a cidade é tomada por imensas caravanas de romeiros; os festejos atraem mais de dois milhões de romeiros por ano, fazendo de Juazeiro o terceiro maior pólo de peregrinação religiosa do País.

O principal ponto de visitação da cidade é a Colina do Horto, onde estão a estátua do Padre Cícero, medindo 25 metros de altura, o Museu Vivo da Cultura popular Nordestina, o Santo Sepulcro, a Muralha da Guerra de XIV e a Via Sacra. O Santuário do Coração de Jesus, a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores e a Capela Nossa Senha do Perpétuo Socorro são outros pontos turísticos visitados pelos peregrinos. O Memorial do Padre Cícero abriga um acervo de fotos e objetos relativos à vida do padre.

Além da religiosidade, a população local preserva aspectos seculares da sua cultura, como o artesanato. No Centro de Cultura Popular Mestre Noza pode-se acompanhar o ofício dos artesãos que confeccionam e comercializam peças em madeira. Na Associação dos Artesãos da Mãe das Dores, objetos de decoração e utensílios domésticos são produzidos e comercializados. Juazeiro do Norte também é um importante pólo agropecuário, calçadista e de artigos folheados a ouro. A economia proporciona a realização de eventos de grande porte para a região, como a Feira de Tecnologia e Calçados do Cariri e a Feira de Negócios do Cariri.

A efervescência cultural é outro atrativo turístico que os visitantes prestigiam em Juazeiro do Norte. Reisado, Lapinha, Maneiro-Pau, bandas cabaçais, Bumba-meu-boi e diversas danças são exemplos de manifestações populares na cidade. Na culinária, destaque para o baião-de-dois com piqui, queijo da terra e carne de sol com macaxeira.

Acesso a Juazeiro do Norte: a partir de Fortaleza, chega-se a Juazeiro pela BR-116, passando pela rodovia federal 230 e 122, além das estradas estaduais CE-138, CE-371, CE-269 e CE-385. É possível também ir de avião, com desembarque diretamente no aeroporto de Juazeiro.

Mais informações:
»http://www.juazeiro.ce.gov.br ; costumava ser o site oficial da Prefeitura de Juazeiro, mas parece estar desativado há algum tempo.
»Juazeiro, Capital da Fé. Guia para os peregrinos.
»URCA - Universidade Regional do Cariri. Campi em diversas cidades do Cariri, incluindo Juazeiro.

Fonte das informações: Secretaria de Turismo do Ceará.