Recife

Clima de Recife e Olinda




O gráfico abaixo, elaborado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, apresenta a variação das chuvas e das temperaturas médias ao longo do ano em Recife e Olinda. As barras azuis representam a quantidade de chuvas, e a linha laranja representa a temperatura.

clima de Recife e Olinda

A temperatura média oscila entre 24 e 27 graus; mesmo nos meses mais frios, julho e agosto, a temperatura média fica acima de 24 graus.

O período chuvoso inicia-se em março e vai até o final de agosto (as pessoas de Recife e do Nordeste em geral referem-se ao período chuvoso como 'inverno', ainda que de fato a estação seja outono), similar ao que ocorre em outras cidades da região (ver, por exemplo, o clima em Fortaleza).
Em alguns anos, Recife torna-se bastante chuvosa (a instabilidade climática que tem afetado o mundo todo nos últimos anos atingiu também Recife, e tornou as chuvas menos previsíveis). Em algumas ocasiões, pode chover diariamente por semanas a fio.
A ocorrência de tempestades é mais rara do que no Sul do país. Em geral, as chuvas são mais fracas, e de curta ou moderada duração; entretanto, as chuvas se repetem diversas vezes ao dia.
Quase sempre, as chuvas vêm do oceano em direção ao continente. As pessoas que estiverem à beira-mar podem antecipar a chegada das chuvas olhando para as nuvens sobre o oceano.

Outra característica interessante é que raios e trovoadas são muito raros no Recife (assim como em toda a costa do Nordeste ao norte do Recife). Isso porque as chuvas nessa região são decorrentes do processo de evaporação e condensação da água, o que não gera atritos e descargas elétricas. No Sul do país, as chuvas freqüentemente decorrem de choques entre massas de ar frio e de ar quente, que, ao se atritarem, acumulam cargas elétricas; os raios são a parte visível (e os trovões são a parte audível) das descargas elétricas que ocorrem entre as nuvens e a terra.

Vale ressaltar também que o gráfico acima refere-se ao Recife e Olinda, cidades situadas na zona costeira de Pernambuco.
Na Zona do Agreste, e principalmente no sertão, o quadro climático é bastante diferente. Nas cidades da serra de Borborema, como por exemplo Garanhuns, a temperatura cai bastante nos meses frios. Nas cidades do alto sertão, como Ouricuri, as temperaturas são altas e as chuvas são muito mais escassas.