Recife

Itamaracá, Pernambuco



População: 15.858 habitantes
Distância do Recife: 47 km
Acessos: PE-35, BR-101, PE-15 e PE-01. Visite mapas de Recife e Pernambuco.

História
Itamaracá é uma palavra de origem indígena que significa "pedra que canta" ou "pedra sonante". Forte Orange Segundo historiadores, o surgimento do povoado data de 1508, sendo elevado à categoria de vila em 1540. A sede do município fica no Pilar, que se tornou vila em 1831.
Um dos principais marcos históricos do Nordeste do Brasil é o Forte Orange (foto). O Forte Orange (Forte Laranja) é assim denominado até hoje porque foi construído pelos holandeses (cuja cor oficial é o laranja), em 1631; o forte foi ponto de partida para a invasão holandesa em Pernambuco (ver História de Recife e Pernambuco).

Economia
Localizada no litoral norte de Pernambuco, Região Metropolitana, a Ilha de Itamaracá tem no turismo sua atividade econômica mais forte. Famosa pelo título de "capital da ciranda", a Ilha de Itamaracá mantém viva a cultura popular pernambucana e possui uma das orlas mais freqüentadas do Estado. O Pilar, o Forte Orange, a Coroa do Avião e a famosa Vila Velha são alguns dos lugares que atraem turistas de vários lugares do país e movimenta o setor econômico local. A Coroa do Avião é um extenso banco de areia localizado entre a Ilha de Itamaracá e o Canal de Santa Cruz; o local serve de base para pesquisas de aves migratórias; veja essa foto da Coroa do Avião.
Ilha de Itamaracá Para estimular ainda mais a economia local, o Governo do Estado está implementando o Circuito Turístico Náutico. O projeto envolve a construção de sete piers de atracação nas praias de Maria Farinha, Coroa do Avião, Itamaracá, Catuama e nos estuários de Nova Cruz, Igarassu e Itapissuma. Essas estações marítimas estão sendo equipadas com lojas de conveniência, bares, box para informações, local para exposições e banheiros.
O Circuito está aumentando o fluxo de turistas no Litoral Norte, considerado o maior pólo de lazer náutico do Nordeste, com cerca de duas mil embarcações. O projeto prevê ainda investimentos na indústria náutica para reparos e manutenção das embarcações, gerando mais emprego e renda na região.
Na agricultura, o destaque vai para as plantações de banana, feijão, coco, mandioca e cana-de-açúcar.
Além da Ilha de Itamaracá, a Região Metropolitana abriga também os municípios de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Abreu e Lima, Paulista, Igarassu, Itapissuma, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Araçoiaba e Moreno.

Turismo
Uma boa dica para começar o passeio na Ilha de Itamaracá é ir até Vila Velha (foto). Do alto, aprecia-se uma bela vista e se conhece um pouco de história com os casarios e capelas do século XVI.
Ilha de Itamaracá O roteiro para conhecer todos os encantos do lugar é extenso, com direito a belas vistas, visitas a construções históricas, um gostoso banho de mar e uma deliciosa refeição de frutos do mar. Reservas de mangues também podem ser vistas logo ao entrar na cidade, com a bela paisagem do Canal de Santa Cruz.
O Forte Orange também merece destaque. Construído em 1631 pelos holandeses, o forte está localizado à beira-mar e abriga um acervo composto por mapas holandeses e peças da época da invasão.
Para curtir um dia de sol, vale a pena ir às praias do Forte, Coroa do Avião, Enseada dos Golfinhos e Pontal da Ilha. E, para aprender mais sobre a vida marinha, é imperdível uma visita ao Centro de Mamíferos Aquáticos. O lugar é aberto de terça a domingo.
À noite, a dica é apreciar a ciranda da praia de Jaguaribe, de preferência na voz da conhecida Lia de Itamaracá.

Fonte das informações: IBGE e Governo do Estado de Pernambuco
Crédito das fotografias: Governo do Estado de Pernambuco

Leia mais sobre outras Cidades de Pernambuco