Rio de Janeiro

Búzios - Rio de Janeiro

«Guia Rio de Janeiro     «Guia Salvador     «Guia Fortaleza     «Guia Natal     «Guia João Pessoa     «Guia Recife
Reserva de Hoteis no Rio de Janeiro
«Estado do Rio     «Cultura
«Hoteis     «Restaurantes
«Grandes Eventos     «Turismo
mapa de Buzios

Dicas de Hoteis e Passeios em Búzios

«Rio de Janeiro.
«Turismo no Rio.
«Hoteis no Rio.

Distância do Rio de Janeiro: 165 km.
População aproximada: 29.000 habitantes (estimativa 2009).
Acomodação: hoteis em Búzios.

História de Búzios

O nome da cidade deriva de uma família de conchas chamada búzios que abundam na região, com as quais se pratica o popular jogo de búzios.

A história de Armação dos Búzios encontra-se intimamente ligada à de Cabo Frio.

conchas jogo de buzios

Nessa região do litoral do Rio de Janeiro, existem inúmeras enseadas e portos naturais; séculos atrás, isso atraiu piratas franceses, ingleses e holandeses, que tinham interesse no tráfico de pau-brasil (ver História do Rio de Janeiro).
Entre 1700 e 1740, iniciou-se na Enseada de Búzios, onde hoje é a Praia dos Ossos, a exploração da pesca das baleias; por conta dessa atividade, Búzios denominou-se Armações das Baleias.

Essa região de Búzios desenvolveu-se lentamente até fins do século XIX, baseando-se a economia na agricultura monocultora latinfundiária, com mão-de-obra escrava.

O núcleo de Armação dos Búzios situa-se em uma península próxima de Cabo Frio, de topografia variada, tendo sido seu crescimento fortemente impulsionado pelo turismo nacional e internacional e pelas residências de veraneio, principalmente a partir da década de 1960.

Em 1995, devido ao seu grande crescimento, o então distrito de Armação dos Búzios emancipou-se de Cabo Frio, e passou a eleger Prefeito e Câmara de Vereadores próprios.
O Turismo é hoje a principal atividade econômica do município.
Ver lista de melhores hoteis e restaurantes em Búzios.

Turismo em Búzios

Rua das Pedras, Buzios
Rua das Pedras, centro de Búzios

O que era uma pacata aldeia de pescadores começou, na década de 1940, a tornar-se um lugar para veraneio (férias).

A princípio, os turistas, principalmente os membros da elite carioca, alugavam as casas dos pescadores; as praias preferidas eram Manguinhos, do Canto e Armação.

Esses visitantes recebiam em suas casas amigos ilustres, incluindo políticos e artistas, muitos deles estrangeiros. Com isso, a fama da cidade foi crescendo entre pessoas de alta classe socio-conômica e de diversos países.

As belezas naturais e a força espiritual de Búzios foram encantando os visitantes, os quais voltavam a suas cidade e países de origem e faziam a propaganda boca-a-boca (algo semelhante ao que ocorreu posteriormente com outras prais, como Pipa e Porto de Galinhas).

Em 1964, quem visitou Búzios foi a atriz francesa Brigitte Bardot, então no auge de sua carreira; Bardot namorava Bob Zaguri, um marroquino que vivia no Brasil, e com ele se hospedou na casa do russo André Mouriaev, então representante da ONU no Rio de Janeiro.

Estatua de Brigitte Bardot, Buzios
Estátua de Brigitte Bardot

Toda a imprensa mundial cobriu a visita de Bardott, e colocou Búzios no mapa turístico mundial. O impacto foi tamanho que até hoje existem referências à celebridade em qualquer ponto da cidade,a principal das quais a Estátua de Brigitte Bardot, que tem o privilégio de visualizar permanentemente o mar de Búzios.

A cidade cresceu (sempre ao redor da sua rua mais famosa, a Rua das Pedras) e consolidou o status de importante destino turístico a partir da "invasão dos argentinos", no fim dos anos 1970. Fugindo da crise econômica em seu país, muitos argentinos chegaram a Búzios com recursos financeiros, compraram muitas propriedades e estabeleceram residências e negócios.
Até hoje uma parte significativa dos negócios está nas mãos de argentinos, que são também figuras comuns na cidade como turistas; a crise na na Argentina desde os anos 90, entretanto, reduziu o fluxo de turistas argentinos.

As estatísticas atuais mostram que a visitação turística é essencialmente brasileira, com aproximadamente 15% de estrangeiros.

Praias de Búzios

Praia da Ferradura, Buzios

»Geribá.
Praia de mar aberto é propícia a banhos e à pratica de esportes náuticos. Ponto de encontro dos jovens, a Praia de Geribá é uma das mais badaladas de Búzios e em toda a sua orla destacam-se belas residências de veraneio, pousadas e bares.
Extensão: 2 km.

»Praia da Ferradura.
Enseada em forma de ferradura, proporciona águas calmas. Essa praia reúne a maior concentração de celebridades - e mansões - em Búzios.

»Praia dos Ossos.
A praia que encantou Brigitte Bardot.
Situada em local arborizado com amendoeiras, possui águas claras, azuis e transparentes e areias claras e finas. Propícia à banhos, à pratica de esportes náuticos e à pesca de mergulho.
No alto do outeiro, do lado esquerdo da Praia destaca-se a Igreja de Sant'Anna datada do século XVII. O Iate Club de Búzios também localiza-se nessa área. A Praia dos Ossos é contornada pôr residências de veraneio, algumas instaladas em casas de antigos pescadores.
Extensão : 400 m.


»João Fernandes.
Praia em forma de semicírculo, com águas calmas, azuis e transparentes.
Suas areias são claras e finas. Bastante visitada por turistas, propícia à banhos e à pesca.
Bares rústicos na orla da praia compõem um visual alegre e tropical. À frente avista-se a Ilha Branca, com farol sinalizador para os navegantes.
Extensão: 800m.

»Pesca submarina e pontos de mergulho submarino em Búzios.

»Sugestões de acomodação:
Hoteis e Pousadas em Búzios.

»Guia de praias de Búzios.

»Mapa das praias em Búzios.


Outros sites sobre Búzios

»Búzios. Site oficial, mantido pela Prefeitura de Armação dos Búzios.
»Museu Histórico de Búzios. O Museu Histórico Marítimo conta com um variado acervo de peças, que revelam um pouco da história, não só dos naufrágios da região, como de muitos navios famosos que navegaram ligando a cidade do Rio de Janeiro ao norte do Estado.

Crédito das fotos: Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro.