Salvador, Bahia

Culinária baiana em Salvador

«Guia Salvador     «Guia Fortaleza     «Guia Natal     «Guia João Pessoa     «Guia Recife
Reserva de Hoteis em Salvador
«Bahia     «Cultura
«Hoteis     «Restaurantes
«Praias     «Turismo

Cozinha regional baiana

«Salvador
«Restaurantes em Salvador

Abaixo, lista dos melhores restaurantes especializados em culinária baiana na cidade de Salvador.

Leia também: Principais Pratos Típicos da Bahia.

»Yemanjá.
O mais conhecido restaurante de comida baiana de Salvador. A Veja a elegeu a melhor casa de 2009, comentando: "um time de 120 funcionários, 44 deles na cozinha, se encarrega diariamente do preparo e do serviço das moquecas, que seguem a receita difundida pela cozinheira Anália Moreira, a primeira proprietária da casa".
Moqueca de camarão sai por R$ 58,00 (duas pessoas, 2009), e a de peixe sai por R$ 68,60. O restaurante tem vista para o mar.
Avenida Octávio Mangabeira, 4661 - Jardim Armação - Telefone: 3461-9010.

»Paraíso Tropical (não tem website!).
O único restaurante regional a receber uma estrela do Guia Quatro Rodas, que escreveu: "O chef Beto Pimentel prepara as melhores moquecas baianas do Brasil. cozinha baiana A receita estrelada é feita com uma deliciosa combinação de fruto do dendê, lascas de coco verde, maturi (castanha de caju verde) e biri-biri (fruta de sabor cítrico). Por ela vale encarar o deslocamento (o restaurante é afastado da orla) e o serviço moroso."
O restaurante situa-se dentro de um sítio, no qual o chef e agrônomo Beto Pimentel cultiva seis mil plantas de onde saem ingredientes para pratos e sucos.
Ver comentários (elogiosos) sobre o restaurante aqui e aqui.
A foto ao lado mostra camarão ao paraíso, que leva maturi (castanha verde), palmito de coqueiro fresco, lâmina de coco verde, pitanga, biri-biri, amora, pimenta de biquinho, folha de flor de vinagreira (que ele usa no lugar de vinagre), temperos aromáticos, fruto do dendê e azeite extravirgem, e foi tirada desse site.
Rua Edgard Loureiro, 98-B - Cabula - Telefone: 3384-7464.

»Bargaço.
Nas outras unidades do Bargaço (que tem casas em Recife, João Pessoa e Brasília), pode ficar uma dúvida: é restaurante de peixes e frutos do mar ou de comida baiana? Aqui em Salvador, isso não faz diferença: pode-se apreciar tantos pratos de pescados e frutos do mar (como os peixes grelhados e sinfonias marítimas) como os pratos baianos (moquecas e acarajés).
O ex-garçom Leonel Evaristo da Rocha abriu um novo restaurante com cinco mesas emprestadas; ao encomendar a placa com o nome do lugar, que deveria se chamar Bar do Garçom, o pintor se equivocou e escreveu Bargaço, que ficou como nome definitivo.
Excelentes pratos, excelente tempero, preços razoáveis, porções generosas.
Rua Antônio da Silva Coelho, quadra 43 - Telefone: 3231-5141.

»Camafeu de Oxossi.
Aberto em 1972, teve como proprietário o próprio Camafeu de Oxossi, ilustre músico e artista; hoje, ele é comandando pelo simpático casal Rui e Fernanda Mendes , que fazem questão de atender os clientes que freqüentam o estabelecimento pessoalmente.
A casa, localizada dentro do Mercado Modelo, tem vista para a Baía de Todos os Santos. A moqueca de peixe, acompanhada de arroz, pirão e farofa, sai por módicos R$ 15 (preço de 2009).
Praça Cayru, 250 - Mercado Modelo - Telefone: 3242-9751.

»Dona Mariquita.
Serve pratos típicos do sertão e do Recôncavo baiano, foi citado em reportagem do New York Times.
Como descreve essa página: "O Dona Mariquita é talvez um dos únicos locais de Salvador em que se pode saborear iguarias do Recôncavo (o outro é o Ponto Vital, no Pelô). E isto não é ainda dizer tudo: a louça é de Maragogipe, a renda das cortinas de Cachoeira, Cidade Heróica; feijoadas são uns cinco tipos diferentes, inclusive de andú (feijão verde). Tem efó. Tem acaçá. A punhetinha frita na hora é imbatível! Tem frigideira de maturis (castanha de cajú verde), e a versão bahiana do cuzcuz marroquino, herança dos revolucionários maLês (negros muçulmanos escravizados nas manufaturas bahianas): Arroz de Hauçá."
Rua do Meio, 178 - Rio Vermelho - Telefone: 3334-6947.

»Sorriso da Dadá.
Dadá é a proprietária Aldaci dos Santos, sempre sorridente, que gerencia três restaurantes.
O cardápio se concentra em pratos típicos baianos, com destaque para moquecas, bobós e pescados. Ver fotos do Sorriso da Dadá em pessoa e comentários do Freire sobre os outros restaurantes da Dadá.
O Sorriso da Dadá fica no coração do Pelourinho.
Rua Frei Vicente, 5 - Pelourinho - Telefone: 3321-9642

»Ki Mukeka.
A casa vai completar trinta anos, sempre servindo moqueca; tem filiais em outras cidades da Bahia e em Brasília.
Avenida Otávio Mangabeira, 907 - Pituba - Telefone: 3240-0192.