Recife

Gravatá, Pernambuco



População: 67.273 habitantes
Área: 513 km2
Distância da capital: 79 km
Acessos: BR-232 (a estrada está duplicada até Caruaru). Visite mapas de Recife e Pernambuco.

História
Em 1808, o local onde hoje fica o município de Gravatá era uma fazenda de gado denominada Caraotá. Gravatá, Pernambuco A propriedade pertencia a José Justino Carreiro de Miranda, que deu início à construção de uma capela dedicada à Nossa Senhora de Santana, concluída pelos seus herdeiros em 1822.
A fundação do povoado data dessa época. Em 25 de maio de 1875, foi criada a freguesia, que seria elevada à categoria de vila em 30 de maio de 1881, através da Lei provincial nº 1.560. Em 31 de junho de 1884, a sede do município foi elevada à categoria de cidade e foi criada a Comarca de Gravatá.
Administrativamente, o município é composto pelo distrito sede e pelos povoados de Urucum Mirim, Russinhas, São Severino de Gravatá, Avencas e Ilha Energética.
Anualmente, no dia 15 de março o município comemora a sua emancipação políca.

Economia
A fabricação de móveis rústicos emprega grande parte da população, gerando boa circulação de renda. São quase 400 fabricantes de móveis, gerando perto de dois mil empregos diretos. No município, existe o pólo moveleiro (foto) que abriga várias lojas. economia de Gravatá, Pernambuco
O município é conhecido pelo cultivo de flores e vegetais sem agrotóxico (orgânicos), sendo considerado o maior produtor de flores de Pernambuco, concentrando cerca de 70% da produção estadual. Sua produção é distribuída em várias partes da Região Metropolitana do Recife.
Na agricultura local, o morango é um dos produtos que se destaca. Devido a sua importância econômica para o município, todo ano se comemora a safra da fruta no Festival do Morango. O morango é um símbolo da economia municipal e principal fonte de renda para inúmeras famílias da região que, reunidas em associações e cooperativas, comercializam a fruta e seus derivados.
A cidade também é um dos principais centros de criação de cavalos de raça do Nordeste, com cerca de 120 haras; clique aqui para visitar um dos maiores haras de Gravatá.
O turismo em Gravatá também é muito importante para o município, principalmente no Circuito do Frio. A cidade, conhecida como a suíça pernambucana por causa do clima ameno e da arquitetura das casas, recebe gente de várias cidades que vão conferir as atrações do evento.
O município de Gravatá faz parte da Região de Desenvolvimento do Agreste Central, localizada na Mesorregião do Agreste Pernambucano. Com uma área de 10.117 km², a região abrange 10,22% do território estadual e é constituída por mais 25 municípios: Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Caruaru, Cupira, Ibirajuba, Jataúba, Lagoa dos Gatos, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, São Bento do Una, São Caetano, São Joaquim do Monte e Tacaimbó.

Turismo
Gravatá é um lugar perfeito para quem deseja descansar da correria e do calor de Recife. A infra-estrutura de hotéis, chalés (foto) e restaurantes - em sua maioria construídos em estilo europeu, turismo em Gravatá, Pernambuco com chaminés e telhado oblíquo - agrada a todos os gostos. O clima agradável, de média anual de 24ºC, convida para a degustação de vinhos e de fondue.
Próxima do Recife, a apenas 85 Km de distância, a cidade possui cachoeiras, grutas, trilhas ecológicas, entre outras atrações para deixar o visitante encantado. Os principais pontos turísticos são o Mirante do Cruzeiro, que abriga a Capela do Cristo Rei, o Mirante da Serra das Russas e o Cristo Redentor.
Na cidade, é possível conhecer diversas feiras livres, além de aproveitar para comprar artesanato, em sua maioria feito de madeira. Gravatá também é conhecida pelas diversas fabriquetas de móveis rústicos instaladas no município, que vendem peças a preços abaixo dos de mercado.
Gravatá é visitada principalmente na Semana Santa, São João e nas férias. Mas também possui outros eventos culturais e artísticos durante o resto do ano, como o Festival do Morango, o Karawatá Motocross, Rota do Forró, Circuito do Frio e o Circuito Pernambucano de Vaquejada.

Outros sites:
»Via Gravatá Portal de Gravatá, com informações turísticas e culturais. Recomendado.
»Prefeitura de Gravatá Site oficial do município.
»Hotel Portal de Gravatá O site desse hotel disponibiliza fotos de diversos eventos ocorridos em Gravatá.


Fonte das informações: IBGE e Governo do Estado de Pernambuco
Crédito da fotos: Governo do Estado de Pernambuco.

Leia mais sobre outras Cidades de Pernambuco