Recife

Belo Jardim, Pernambuco



População: 68.698 habitantes
Área: 648 km2
Distância da capital: 180 km
Acessos: BR-232 (a estrada está duplicada até Caruaru). Visite mapas de Recife e Pernambuco.

História
Belo Jardim A cidade de Belo Jardim teve origem na Fazenda Capim. Seu povoamento intensificou-se por encontrar-se próxima da estrada de ferro central de Pernambuco. Em 1906, com a chegada dos trilhos à área urbana da cidade, o município acelera seu desenvolvimento.
Em 1928, o município de Brejo da Madre de Deus foi desmembrado, criando o novo município de Belo Jardim pela Lei Estadual nº 1931, de 11 de setembro.

Economia
As bordadeiras de Belo Jardim movimentam a economia local com a venda de inúmeras peças, como blusas, toalhas, passadeiras, entre outras. A produção de balaios (foto), peças em cordas, urupembas e cerâmica também é destaque no município.
economia Belo Jardim Turistas de diversos Estados vão a Belo Jardim em busca das peças artesanais. O turismo aquece a economia da região, sobretudo durante o Carnaval e as festas religiosas.
Outra atividade que impulsiona a economia local é a agroindústria, com maior potencialidade de desenvolvimento para produtos alimentícios.
O município de Belo Jardim faz parte da Região de Desenvolvimento do Agreste Central, localizada na Mesorregião do Agreste Pernambucano. Com uma área de 10.117 km², a região abrange 10,22% do território estadual e é constituída por mais 25 municípios: Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Caruaru, Cupira, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Lagoa dos Gatos, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, São Bento do Una, São Caetano, São Joaquim do Monte e Tacaimbó.

Turismo
A cidade de Belo Jardim possui atrativos naturais convidativos. Entre eles está a Cachoeira Engenho Tira-Teima, com uma queda de 20 metros. Parte de suas águas, que turismo Belo Jardim seguem por um pequeno trecho de corredeira, são captadas para funcionamento de uma roda dágua do próprio engenho onde está localizada, enquanto a outra parte segue por entre os afloramentos rochosos.
A cachoeira não é propícia para o banho, porém acompanhar o seu percurso é uma ótima opção para contemplar a beleza natural do local.
Para quem quer se refrescar, uma boa opção é a Corredeira da Espalhadeira, onde se formam piscinas naturais e escorregos.
Também merece uma visita a Cachoeira do Bitury. Ambientada em meio a um capoeirão, a Cachoeira do Bitury conta com duas quedas d'água. A primeira e grande queda tem aproximadamente 7m de altura e 15 m de largura. A água segue passando por 3 saltos até alcançar a segunda queda, com cerca de 1,5m de altura. É balneável em forma de ducha e a montante da cachoeira em forma de piscina natural. Aparecem também pequenas piscinas a jusante da cachoeira.
Outro atrativo natural é a Serra do Caboclo, com uma vegetação dominada por bromélias, cactáceas e vegetação rasteira. No local, existem ainda árvores espaçadas e trecho de caatinga arbustiva. Do seu alto contempla-se, ao leste, o planalto da Borborema, aparecendo também trechos de serras e algumas formações rochosas.
No mês de setembro acontece o Jardim Cultural, um megaevento com shows de artistas regionais e nacionais, oficinas de arte, exposições e apresentação de danças regionais. Outra grande festa da cidade acontece em homenagem ao santo padroeiro São Sebastião, com novenas, romarias e parque de diversões.

Outros sites:
Belo Jardim. Site oficial, mantido pela Prefeitura de Belo Jardim.
Escola Agrotécnica Federal de Belo Jardim, com informações sobre a cidade, incluindo diversas fotos.

Fonte das informações: IBGE e Governo do Estado de Pernambuco
Crédito da fotos: Governo do Estado de Pernambuco.

Leia mais sobre outras Cidades de Pernambuco