Natal

Passeios em Natal




Pontos turísticos em Natal

«Natal       «Passeios em Natal       «Praias em Natal

Forte dos Reis Magos
Localização: Praia do Forte. Tel: 3211-4959
Visitar o Forte dos Reis Magos é uma lição de História.

Centro de Turismo de Natal
Rua Aderbal de Figueiredo, 980 Petrópolis Tel: 3211-6149
O prédio foi construído por volta do final do século 19, e tem uma longa história: foi abrigo para mendigos, orfanato e prisão.
Desde 1976, tem abrigado o Centro de Turismo, onde se encontram várias peças de artesanato e trabalhos manuais; cada loja ocupa uma das antigas celas da prisão.
Há apresentação de shows folclóricos no local (leia mais sobre o show, chamado Forró com Turista, na página Vida Noturna em Natal.
O local tem uma bela vista da cidade e do Rio Potengi.

Catedral Nova Cidade
Av. Marechal Deodoro Centro Tel: 3211-4342
A construção da catedral teve início há mais de 30 anos, e até hoje não terminou; o projeto arquitetônico é arrojadíssimo, dando à catedral um aspecto bastante incomum. Este é o maior lugar de adoração católica em Natal.

Farol da Mãe Luiza
Via Costeira, perto de Areia Preta.
O farol é até hoje utilizado para orientar os navios na costa de Natal; construído em 1951, a torre tem 37 m de altura e 150 degraus para atingir o topo.
Foto do farol, copyright Secretaria de Turismo de Natal

Centro de Lançamento de Foguetes Barreira do Inferno
Estrada de Pirangi (Rota do Sol), km 11 Tel: 3216-1400
O nome Barreira do Inferno é uma referência às falésias vermelhas que existem nas praias da região.
Por causa de sua posição, quase sobre a linha do Equador, Natal é um bom lugar para centros aeroespaciais.
O Centro é aberto para visitação, que deve ser marcada com antecedência; durante a visita, várias fotos e peças de foguetes são mostrados por especialistas.
Em frente ao Centro, há alguns modelos de foguetes fora de utilização; diversos turistas dão uma parada para algumas fotos.

O maior cajueiro do mundo
Rua do Cajueiro, Pirangi
Está registrado no livro do Guiness como a árvore que cobre a maior área, 8.400 metros quadrados; é maior que um campo de futebol normal.
Por causa de uma mutação genética, os ramos crescem lateralmente, em vez de crescer para cima; quando os ramos tocam o solo, uma nova ramificação começa a crescer.

Ponte Newton Navarro.